Home / Saúde e Bem estar / Qual a melhor pílula anticoncepcional ?

Qual a melhor pílula anticoncepcional ?

o maior benefício da pílula anticoncepcional é a escolha de ter filhos, com certeza. Mas, o método anticoncepcional, também pode oferecer outros benefícios e efeitos colaterais. Os benefícios e efeitos colaterais causados pelas misturas hormonais mudam de organismo para organismo. Seu ginecologista pode avaliar qual é a melhor variedade para você. Se você está querendo trocar de pílula, esperamos lhe auxiliar com essas dicas, mas, não desconsidere a consulta ao seu ginecologista, nem julgue este artigo como receituário. Conversamos com o Dr.Achiles Cruz, ginecologista e obstetra do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). que deixou informações importantes para te auxiliar na escolha da pílula anticoncepcional.

Qua a pílula anticoncepcional certa

Se você tem crise de enxaqueca ou qualquer outro tipo de dor de cabeça

é comum no período de adaptação sentir esse incômodo, geralmente ao final de 3 meses as dores de cabeça diminuem ou desaparecem, se persistirem as dores é aconselhavel trocar de pílula. As mais indicadas: Pílulas sem estrôgenio, apenas com progesterona levonorgestrel ou noretisterona (Cerazette e Micronor). Por que os estrogênios tem ação vasoconstritora, agravando a dor em quem já a tem.

Em caso de pele e cabelo oleosos

A maioria das pílulas, hoje, melhora o aspecto da pele e do cabelo após 3 meses de uso. Se você tem glandulas sébaceas superativas e vive com a pele brilhando ou cabelo oleoso, dois tipos de progesterona sintética podem te auxiliar. As mais indicadas: Pílulas com gestodeno (como Mirelle, Gynera, Femiane e Tâmisa 20), com drospirenona (Yaz, Elani Ciclo e Yasmin) ou, quando há quadro grave de acne, com ciproterona (Diane 35 e Selene). Porque Possuem efeito antiandrogênico, que regula a oleosidade da pele e reduz o surgimento de cravos.

Se você sofre com a TPM

Segundo um estudo do Centro de Pesquisa em Saúde Reprodutiva, da Unicamp, com 860 mulheres, 80% sofrem ou já sofreram com a maldita tensão pré-menstrual. Logo, nada mais conveniente do que utilizar a pílula para combater esse mal (seu namorado, seus colegas de trabalho e quem estiver próximo a você agradecem). As mais indicadas: Pílulas com drospirenona (Yaz, Elani Ciclo e Yasmin) ou anticoncepcionais de uso prolongado, que podem ser usados sem pausa para a menstruação (Cerazette, Nortrel e Micronor). Porque possuem leve efeito diurético, evitando inchaço e dores nas mamas. Também reduzem o nervosismo, a irritação e a ”tristeza” típicos da TPM.

se você sente inchaço ou retenção de líquido

No caso da retenção de líquido é necessária a utilização de uma pílula que interfere o mínimo possível no sistema linfático. A sensação de inchaço não incomoda apenas na hora de vestir uma roupa ou calçar os sapatos, ela pode ser observada também na balança. Existem anticoncepcionais que auxiliam na drenagem linfática. As mais indicadas são: Pílulas com drospirenona (Yaz, Elani Ciclo e Yasmin), pois, bloqueiam os receptores do corpo que estimulam a reabsorção de água.

Para quem tem varizes ou vasinhos

Se você já percebeu que suas pernas estão denunciando o problema de varizes ou vasinhos ou se sua mãe tem esse problema, é necessário focar na prevenção deste constrangimento. Nesse caso a pílula deve interferir minimamente no sistema vascular. É mais indicada a progesterona sintética levonorgestrel, pois, o estrogênio sintético aumenta o risco de trombose em mulheres com tendência. Mais indicadas:(Cerazette, Kelly e Micronor).

Se você tem baixa libido

A questão da diminuição do desejo sexual ao fazer o uso de um método hormonal para não engravidar, pode variar de mulher pra mulher, alguns anticoncepcioanis mostram em suas bulas que há um risco de alteração na libido. Se essa alteração começar a te incomodar é aconselhável pedir ao seu ginecologista a indicação de uma outra pílula. As mais indicadas são: Pílulas com clormadinona (Belara).Porque Ela é composta de um tipo de progesterona que aumenta bem pouco os níveis da proteína SHBG no corpo. (SHBG- hormonio que tem como função se unir à testosterona livre no sangue. Ao se ligar às proteínas, esse hormônio masculino faz você pensar em sexo tanto quanto um homem.

Se você tem síndrome do ovário policístico
Os sintomas da síndrome do ovário policístico são bem evidentes, tais oleosidade excessiva da pele, acne, presença de pelos grossos em locais onde geralmente a mulher não tem, como costas, glúteos e laterais do rosto e irregularidade menstrual . A pílula muitas vezes é indicada como tratamento, independente da intenção de contracepção. As Mais indicadas : anticoncepcionais com ciproterona (Diane 35 e Selene), pois, possui potente ação anti androgenica, reduzindo a oleosidade da pele, queda de cabelo e pelos grossos.

Se você quer uma pílula que não engorda Estudos científicos já comprovaram que as pílulas anticoncepcionais não engordam, o que acontece é um fator psicológico que faz o inchaço e a retenção de líquido acrescentar volume ao corpo da mulher, como nas mamas, pernas e barriga. Esse efeito também aumenta o peso na balança. A pílula mais indicada é a Yasmin que tem a menor inserção de estrogênio, responsável pela ”sensação de engordar”. A pílula mais indicada é a Yasmin, porque tem em sua composição a progesterona drospirenona que anula de certa forma o efeito do estrogênio. Segundo o professor Aroldo Camargos, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), ao trocar uma pílula tradicional pela Yasmin, a mulher não vai emagrecer, só não vai mais engordar principalmente no período pré-menstrual, quando o inchaço é mais freqüente, e esse benefício faz com que o corpo da mulher perca até dois quilos.

Essa dica foi útil? Compartilhe!
Não perca nenhuma dica, informe o seu e-mail:

email

Check Also

Sintomas de depressão em mulheres

As principais características de um indivíduo deprimido. Os sintomas mais gritantes da depressão, que devem ser observados, a fim de evitar os estragos que a doença pode provocar. A depressão atinge mais as mulheres, por isso avalie as observações a seguir, a identificação da doença é o primeiro passo para a cura. Veja os principais sintomas da depressão.